Barroso denuncia corrupção no STF: 'Tem gabinete distribuindo senha para soltar corrupto'

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, denunciou uma suposta existência de corrupção dentro dos gabinetes do STF. 
"Menos de 1% dos presos do sistema está lá por corrupção ou por crime de colarinho branco. Tem alguma coisa errada nisso. E ainda assim, no Supremo, você tem gabinete distribuindo senha para soltar corrupto. Sem qualquer forma de direito e numa espécie de ação entre amigos", apontou, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Ao ser perguntado sobre quais seriam os gabinetes, no entanto, Barroso desconversou. 
Ao comentar a Constituição de 1988, ele frisou que a Carta Magna garantiu diversos direitos aos brasileiros em 30 anos, mas não deixou de apontar a corrupção "estrutural, sistêmica e programada" como um "ponto baixo" do "filme da democracia brasileira", que se reflete, inclusive, na Corte.
O ministro ainda falou sobre a necessidade de renovação dos compromissos democráticos que, para ele, podem ser definidos em duas regras básicas: "A primeira: quem ganhar a eleição leva. E deve se respeitar o direito de a maioria governar. A segunda regra: só é aceitável a maioria governar democraticamente. E, portanto, ela tem que respeitar as regras do jogo democrático e os direitos fundamentais de todos", enumerou.
fonte : metro1