Sete homens são mortos em confronto após PM descobrir ‘base de apoio’ de roubos a banco

Sete homens, suspeitos de integrar um grupo especializado em roubos a bancos, morreram, neste domingo (3), em um confronto com a Polícia Militar, em Três Ranchos, no sudeste de Goiás. De acordo com a corporação, a troca de tiros ocorreu no momento em que uma “base de apoio” para ações criminosas na região foi descoberta. Três criminosos conseguiram fugir.
Segundo informações divulgadas pela assessoria de comunicação da Polícia Militar, os baleados chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para a Santa Casa de Misericórdia de Catalão, também na região sudeste do estado, mas morreram pouco tempo depois de chegar ao hospital.
O caso ocorreu na madrugada deste domingo, em uma casa de Três Ranchos. Segundo a PM, a base do grupo foi encontrada por equipes das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), que foram recebidas a tiros pelos 10 integrantes da organização criminosa que estavam ao local. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.
O G1 tentou contato das 13h15 às 13h30 deste domingo, por telefone, com o comandante do Batalhão da Rotam, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.
Na base de apoio do grupo a corporação apreendeu 8 armas de fogo, um veículo roubado, além de explosivos e vários equipamentos que seriam utilizados nas ações.
Conforme informou a PM, as equipes policiais seguem na busca pelos demais integrantes do grupo, que conseguiram fugir.