Após 15 dias de espera por UTI, morre ‘Paulinho’, o garoto que comoveu Paulo Afonso

Faleceu, por volta das 21h desta sexta-feira (4/5), no Hospital Municipal de Paulo Afonso, o garoto Paulo Lima dos Santos, o Paulinho, de 2 anos e 9 meses que há 15 dias lutava bravamente pela vida e por um leito de UTI – Unidade de Terapia Intensiva.

A morte de Paulinho foi confirmada em poucas palavras pela mãe, Lindinês Albuquerque Lima ao portal PA4.COM.BR: “Acabou de falecer agora, aqui no BTN”, disse angustiada a mãe. Paulinho estava com displasia cortical, infecção hospitalar e funcionamento precário do pulmão.

O estado do garoto era gravíssimo e ele precisava urgentemente ser transferido para uma UTI Pediátrica Especializada, porém esbarrou na indisponibilidade de vagas nas redes públicas da Bahia e de Pernambuco,  locais que fazem regulação com Paulo Afonso. O nome de Paulinho chegou a ser incluído no sistema nacional de regulação.

Ontem, dia 3, o juiz de direito da Comarca de Paulo Afonso, Rosalino dos Santos Almeida determinou que a prefeitura de Paulo Afonso e o governo da Bahia disponibilizassem dentro de 48 horas, um leito de UTI para o garoto e o prazo expirava amanhã, dia 5, mas infelizmente não houve mais tempo.


Na terça-feira, dia 1º, a mãe de Paulinho junto com os familiares conversou com a equipe do site PA4.COM.BR na frente do hospital onde fez um apelo dramático pedindo ajuda para salvar o seu filho. (Foto: PA4.COM.BR)

Desde que o caso veio à tona através do site, um sentimento de comoção e revolta atingiu a população de Paulo Afonso. Na página oficial do site no facebook, muitos seguidores enviaram mensagens de apoio aos familiares da criança, mas houve também àqueles que se indignaram com tamanho descaso com a situação do garoto e com a fragilidade do sistema público de saúde em Paulo Afonso.

A prefeitura de Paulo Afonso também chegou a emitir uma nota através da Secretaria Municipal de Saúde na qual ressaltou “que não estava medindo esforços para que a criança pudesse ser transferida para uma UTI Pediátrica Especializada”.

A equipe do portal PA4.COM.BR lamenta profundamente a morte de ‘Paulinho’, ao tempo em que se solidariza com a mãe e com todos os familiares nesse momento de dor e angústia. “Apesar da pouca idade, Paulinho lutou até o fim, ele foi um guerreiro”.Via : PA4.COM.BR