Pernambuco : Suspeitos de roubo a banco morrem em confronto com a polícia


Dois suspeitos de assalto a banco morreram em um confronto com a polícia, na manhã desta terça-feira (24), no Sítio Papa Terra, na zona rural de Garanhuns, agreste de Pernambuco. Um dos mortos foi identificado como José Luiz dos Santos Silva, 49, já o outro não teve o nome divulgado.
Os policiais do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) estavam à procura do grupo criminoso que, durante a madrugada, roubou a agência do Banco Bradesco do município de Jucati, quando localizaram os suspeitos em uma granja. O grupo fugiu pela caatinga, ao avistar os militares.
Durante buscas pelo matagal, as guarnições do BEPI depararam-se com José Luiz e o outro homem, não identificado, que, conforme os policiais, estavam armados, cada um, com uma espingarda calibre 12 e atiraram na direção das guarnições, que revidaram a ação.
Os dois suspeitos foram atingidos e foram levados ainda com vida para o Hospital Regional Dom Moura (HRDM), em Garanhuns, mas não resistiram aos ferimentos. Nenhum policial ficou ferido.
As buscas policiais continuaram em busca dos assaltantes de banco e resultaram nas prisões de Luiz Antônio Roldão de Morais, 38, Leonardo Arruda Alves, 31; Carlos Roberto Teixeira de Lima, 22, e Marcônio Roldão de Araújo Júnior, 31.
Na granja onde o bando foi localizado, os militares apreenderam três caminhonetes Chevrolet S10, uma de cor branca e placa PGZ – 2712, uma de cor prata e placa OEV – 6026 e outra de cor e placa KLO – 6409. Também foi apreendido no local um Celta, de cor prata e placa MUQ – 1413 e um Fiat Uno, de cor preta e placa NML – 6251.
Também foram encontradas no imóvel duas espingardas, sendo uma do calibre 12 e outra do tipo soca tempero; dois rifles dos calibres 44 e 22, um simulacro de arma de fogo e várias munições de diversos calibres, além de explosivos, balaclavas, luvas; coletes balísticos, roupas camufladas e uma quantia em dinheiro, que seria proveniente do roubo a banco.
O material apreendido e os presos foram levados para a Delegacia Seccional de Garanhuns (18ª – DESEC), onde ficaram reclusos à disposição da Justiça.
O assalto
Um grupo fortemente armado, formado por pelo menos oito pessoas, chegou na cidade em vários veículos, entre eles caminhonetes. Parte do bando invadiu a unidade bancária, localizada na Praça Santa Terezinha, e explodiu o cofre.
Segundo testemunhas, durante a ação, que aconteceu por volta das 2h, os criminosos fizeram reféns alguns feirantes que estavam próximos da agência bancária. Vários disparos de arma de fogo foram efetuados pelas ruas. Não há registro de feridos.
O bando fugiu por uma estrada vicinal que dá acesso ao município de Capoeiras. Não informação sobre o valor da quantia levada pela quadrilha. Várias guarnições da Polícia Militar (PM) foram mobilizadas na busca dos suspeitos.
MAIS FOTOS
VIA: CORREIO NOTICIA