Convenção oficializa candidatura de Emanuel Rodrigues a prefeito de Rodelas-BA

 

Em convenção realizada neste domingo, 06, o ex-prefeito de Rodelas  oficializou sua candidatura pelo PCdoB , ao lado do empresário  Aluísio Almeida, como seu vice.

O ex-prefeito de Rodelas Emanuel Rodrigues  e o empresário Aluísio Almeida,foram oficializados como  candidato a prefeito e vice, respectivamente, durante a convenção da coligação, que une PCdoB e PDT. 

A convenção aconteceu no domingo, 06/09, no Colégio Estadual Dulcina, Centro Urbano.

Emanuel Rodrigues e Aluísio  foram  aclamados  por seus correligionários. O clima era de nostalgia, às vezes, embalado com gritos e palmas.

Marcaram presença  no evento;  Deputado Estadual Zó , vereadores Joedson Ribeiro e Jussara, Jogador Vitor Ramos , além dos presidentes de cada partido da  coligação, pré-candidatos a   vereadores e os correligionários que tiveram o numero limitado devido a pandemia.


Emanuel  afirmou que tem como proposta fazer uma gestão focada na transformação da vida das pessoas.

Para ele, isso é possível promovendo melhorias em todas as áreas  Agricultura ,Saúde, Social e principalmente  Educação , fomentando a geração de empregos.

Fala do candidato a Vice prefeito Aluísio Almeida


                      Fala  do candidato a prefeito Emanuel Rodrigues





MAUS PREFEITOS E CORRUPTOS SE DERAM BEM – TSE Decide Que Candidato Que Perdeu Direitos Políticos Por 8 Anos Em 2012 Poderá Concorrer Neste Ano


A corte determinou que decisões judiciais que cassaram direitos de políticos por oito anos por irregularidades cometidas em 2012 não se estendem até 15 de novembro, nova data da eleição.

 Assim, os efeitos de condenações por abuso de poder na penúltima campanha municipal vão apenas até outubro deste ano, quando encerra o prazo de oito anos de inelegibilidade previsto na Lei da Ficha Limpa.

Os ministros Alexandre de Moraes, Mauro Campbell Marques, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, Sérgio Banhos e Luís Roberto Barroso votaram a favor de que o prazo de inelegibilidade não fosse estendido.

 Os ministro Luiz Edson Fachin e Luís Felipe Salomão, por sua vez, defenderam a ampliação do período de punição para vetar a participação de candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa por oito anos por ato cometido em 2012.

Pela lei, o prazo começa a contar da data da eleição, que naquele ano foi em 7 de outubro. Em 2020, o pleito cairia no dia 4, portanto esses políticos ainda não poderiam concorrer.

 O julgamento do TSE ocorreu em uma consulta apresentada pelo deputado Célio Studard (PV-CE). A maioria dos ministros entendeu que a prorrogação do prazo de inelegibilidade só poderia ocorrer com aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Presidente da corte, Barroso afirmou que seria inadequado mudar prazos depois de iniciado o processo eleitoral. Ele lembrou que mais de 300 convenções partidárias já foram registradas no TSE.

Já Fachin disse que o “inesperado” adiamento não deveria impactar no quadro de cidadãos habilitados a disputar o pleito. Fonte: A TRibuna ES . Foto: redes sociais.

Auxilio emergencial é prorrogado por mais 4 parcelas de 300


O Presidente Jair Bolsonaro acaba de anunciar uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial para os trabalhadores que perderam sua renda devido à pandemia da covid-19. O programa agora vai até dezembro, com quatro novas parcelas confirmadas no valor de R$ 300.

"Agora resolvemos prorrogar o auxílio por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família: R$ 300 reais", comentou Bolsonaro em coletiva.

O Auxílio Emergencial foi criado em abril para evitar uma crise econômica aprofundada e vinha sendo pago através da Caixa Econômica Federal em parcelas de R$ 600. A partir de agora, os beneficiários receberão metade do valor original.

"O valor de R$ 600, como vínhamos fazendo, é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende", finalizou o presidente.

Segundo o G1, o novo valor foi definido em reunião com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada. O Auxílio Emergencial já tinha sido prorrogado uma vez, contemplando os trabalhadores informais com mais 2 parcelas de R$ 600, o que gerou uma discussão entre os aliados do governo sobre o valor pago.

Além da prorrogação e do novo valor não foi confirmada qualquer outra mudança no Auxílio Emergencial. Nas próximas semanas, a Caixa deve confirmar o calendário para as novas parcelas de R$ 300 e apresentar mais detalhes sobre os pagamentos.

PE: Blogueiro e filho de 11 anos foram assassinados em Rio Formoso

 Um duplo homicídio foi registrado na noite deste domingo (9), na PE- 060, no município de Rio Formoso, na Mata Sul de Pernambuco.

As vítimas foram o blogueiro Áquila Bruno Silva, de 36 anos e o filho dele de 11 anos, eles estavam dentro de um veículo estacionado em frente a um supermercado, quando foram surpreendidos com a chegada de um elemento que efetuou disparos de arma de fogo alvejado pai e filho.

As vítimas chegaram a ser socorridas e deram entrada sem vida no hospital municipal, no veículo estavam duas testemunhas que não foram atingidas.

A Polícia Civil já identificou o autor do duplo homicídio, ele ainda não foi preso e está sendo procurado.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

Blog: O Povo com a Notícia


Tecladista do cantor Sérgio do Forró morre afogado em Petrolina

 

Morreu afogado neste domingo, 09 de agosto, na barragem de Cruz de Salinas, localizada no interior do município de Petrolina-PE o jovem músico Antoniel, tecladista da banda do cantor Sérgio do Forró.

A notícia foi recebida pelo cantor Sérgio do Forró com muita tristeza. De imediato ele comentou em suas redes sociais: “Você partiu para sempre. Por nós será recordado,  para sempre viverá em nossos corações. Pois, para sempre sentiremos saudades suas, das viagens, shows e brincadeiras. Até sempre Niel, nosso menino.

O jovem Niel era muito querido na banda de Sérgio. Todos os componentes ficaram muito abatidos com a notícia.

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para atender a ocorrência. O corpo do músico foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina.

Fonte: Bastidores JM

Balsa vira e caminhão carregado com cebola afunda no Porto da Barra


Segundo informações uma balsa que fazia a travessia do porto da Barra na Bahia para o estado de Pernambuco , virou e acabou fazendo um caminhão carregado com cebola  afundar. O acidente aconteceu na manhã desta  quarta -feira (05) 

O acidente aconteceu as margens do Rio São Francisco na Bahia além do caminhão uma moto também afundou 

Apesar do susto e do prejuízo, ninguém ficou ferido. O motorista do caminhão conseguiu se salvar deixando a embarcação antes mesmo de ela se afastar da margem.

Ainda não se sabe as causas do acidente .


Covid-19: Brasil ultrapassa 1,5 milhão de curados

Número é superior à quantidade de casos ativos, ou seja, pessoas que estão em acompanhamento médico. Informações foram atualizadas às 18h30 desta sexta-feira (24/7)
Nesta sexta-feira (24/7) o Brasil registrou 1.592.281 pessoas recuperadas da doença. No mundo todo, estima-se que cerca de 7,4 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram. O número de pessoas curadas é superior à quantidade de casos ativos (655.847), que são pacientes que estão em acompanhamento médico. O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (67,9%). As informações foram atualizadas às 18h30 e foram enviadas pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.
O Governo do Brasil mantém esforço contínuo para garantir o atendimento em saúde à população, em parceria com estados e municípios, desde o início da pandemia. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas, além de promover e prevenir a saúde da população. Dessa forma, a pasta tem repassado verbas extras e fortalecido a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), com envio de recursos humanos (médicos e profissionais de saúde), insumos, medicamentos, ventiladores pulmonares, testes de diagnóstico, habilitações de leitos de UTI para casos graves e gravíssimos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIS) para os profissionais de saúde.
O Ministério da Saúde já enviou mais de R$ 63,4 bilhões a estados e municípios para o financiamento das ações e serviços públicos de saúde, sendo R$ 16,1 bilhões voltados exclusivamente para combate ao coronavírus. Também já foram comprados e distribuídos mais de 15,9 milhões de unidades de medicamentos para auxiliar no tratamento do coronavírus, 208,5 milhões de EPIS, mais de 12,5 milhões de testes de diagnóstico para Covid-19 e 79,9 milhões de doses da vacina contra a gripe, que ajuda a diminuir casos de influenza e demais síndromes respiratórias no meio dos casos de coronavírus.
O Ministério da Saúde, em apoio irrestrito a estados e municípios, também tem ajudado os gestores locais do SUS na compra e distribuição de ventiladores pulmonares, sendo que já entregou 8.449 equipamentos para todos os estados brasileiros.
As iniciativas e ações estratégicas são desenhadas conforme a realidade e necessidade de cada região, junto com estados e municípios, e têm ajudado os gestores locais do SUS a ampliarem e qualificarem os atendimentos, trazendo respostas mais efetivas às demandas da sociedade.
Neste momento, o Brasil tem 2.343.366 casos confirmados da doença, sendo 55.891 registrados nos sistemas nacionais nas últimas 24h.
Em relação aos óbitos, o Brasil possui 85.238 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h, foram registradas 1.156 mortes nos sistemas oficiais, a maior parte aconteceu em outros períodos, mas tiveram conclusão das investigações com confirmações das causas por Covid-19 apenas neste período. Assim, 410 óbitos, de fato, ocorreram nos últimos três dias. Outros 3.741 seguem em investigação.

CENÁRIO INTERNACIONAL 

Até o fechamento do último Boletim Epidemiológico (18/7), o Brasil ocupava a segunda posição em relação ao número de casos (2.074.860) e registro de óbitos (78.772). Contudo, quando considerado o parâmetro populacional, por milhão de habitantes, entre os países de todo o mundo, o Brasil ocupa a 10ª posição em relação aos casos (9.873) confirmados e a 10ª colocação no que se refere ao número de óbitos (374). A medida populacional é a taxa padrão para comparações entre os países.

Saúde repassa R$ 2,4 milhões para formação profissional em saúde da família

Recursos mensais são destinados aos municípios que possuem equipes de Saúde da Família ou de Saúde Bucal com profissionais vinculados a programas de residência na Atenção Primária
Equipes de saúde de todo o país que estiverem integradas a programas de formação profissional da Atenção Primária receberão o incentivo financeiro de R$ 2,4 milhões em custeio adicional do Ministério da Saúde. Serão transferidos aos municípios valores que chegam até R$ 15 mil mensais por equipe que atuar em postos de saúde de todo o país e possuir em sua composição um ou mais profissionais como médicos, dentistas ou enfermeiros vinculados a programas de residência em Medicina de Família e Comunidade, Atenção Primária à Saúde ou em Saúde da Família. Ao todo, 51 municípios de 14 estados serão contemplados com os recursos adicionais.
A medida visa fortalecer a oferta de serviços e a qualificação da assistência à população na Atenção Primária e com a iniciativa serão beneficiadas 469 equipes de Saúde da Família e 60 equipes de Saúde Bucal. Dentre essas equipes, estão vinculados 477 residentes de medicina, 154 de enfermagem e 67 de odontologia.
A medida integra o Programa Previne Brasil e corresponde ao incentivo para ações estratégicas. A formação especializada de profissionais de nível superior permite que os municípios qualifiquem a assistência no âmbito da Atenção Primária e aumentem sua capacidade de captação e fixação de profissionais, uma vez que grande parte deles segue atuando nos municípios após a sua formação. 

INCENTIVO POR PROFISSIONAIS EM FORMAÇÃO

Há no país 193 programas de residência médica em Medicina da Família e Comunidade e 197 programas de residência em área profissional de saúde (dentistas e enfermeiros), distribuídos em 156 cidades de 25 estados, incluindo o DF. A maior parte das bolsas destes programas de residência médica (5.366) e multiprofissional (6.078) é custeada pelo Ministério da Saúde.
O que muda é que, além do custeio das bolsas pagas diretamente aos profissionais de saúde, o Ministério da Saúde também incentivará os municípios com equipes integradas a programas de residência médica ou multiprofissional na Atenção Primária. 
A residência é uma modalidade de pós-graduação para profissionais da área da saúde com nível superior, com duração de dois anos. Durante este período, o residente médico, enfermeiro ou dentista realiza atendimento aos usuários , sob supervisão de especialistas. O objetivo do Ministério da Saúde com os novos recursos é, justamente, incentivar a especialização de mais profissionais para atuação na Atenção Primária.
Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde

Missão Tiriós leva suprimentos, alimentos e atendimento aos indígenas do Norte

O Governo Federal tem reforçado o enfrentamento à Covid-19 nas comunidades indígenas da fronteira do Brasil. Entre os dias 17 e 20 de julho, a Missão Tiríos, uma ação conjunta dos Ministérios da Saúde, da Justiça e da Defesa, levou nove toneladas de alimentos, suprimentos médicos e profissionais de saúde para as comunidades indígenas do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Amapá e Norte do Pará.  
A ação beneficiou cerca de 2 mil indígenas das etnias Tiriyó e Kaxuyana, que vivem nas Terras Indígenas Parque do Tumucumaque e Paru D’Este, entre os estados do Pará e Amapá, na fronteira com o Suriname. As Equipes Multidisciplinares de Saúde contaram com o reforço de profissionais da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, do DSEI Amapá e Norte do Pará e do governo do estado do Amapá, por meio da Secretaria Estadual de Saúde.
Foram destinadas pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde, 2,5 toneladas de medicamentos utilizados na Atenção Primária à Saúde, como antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos, para reforçar o estoque do DSEI.
“A Missão Tiriós é mais uma etapa importante da parceria com o Ministério da Defesa e apoio da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. O trabalho incluiu profissionais e logística das Forças Armadas, com apoio total do DSEI. O Ministério da Saúde enviou medicamentos e testes. Foram realizados atendimento com profissionais, incluindo pediatra, ginecologia, clínico geral, infectologia, além de testagem para Covid-19 e outras ações relacionadas à Atenção Primária e Especializada”, destaca o Secretário Especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva.
Ao todo, 1.991 indígenas receberam atendimento com as equipes multidisciplinares. Foram realizados 433 testes rápidos, sendo que 91 indígenas testaram positivo e receberam acompanhamento dos profissionais.

AÇÕES

“Conseguimos fazer um diagnóstico mais preciso e prévio de indígenas infectados com o coronavírus e iniciar o tratamento e o protocolo terapêutico. Foi uma ação de suma importância para fazermos um monitoramento, uma busca ativa, principalmente do grupo de risco que são os idosos, as pessoas com comorbidades, os indígenas que apresentam hipertensão arterial, diabetes, que fazem tratamento oncológico e as gestantes”, afirmou o Coordenador do DSEI Amapá e Norte do Pará, Roberto Wagner Bernardes.
A FUNAI, órgão subordinado ao Ministério da Justiça, enviou 6,5 toneladas de alimentos para reforçar a alimentação dos indígenas neste momento de pandemia. As cestas foram higienizadas pelo Exército Brasileiro e tiveram o apoio logístico das Forças Armadas na entrega às comunidades indígenas.
O Ministério da Defesa enviou uma equipe de 21 profissionais de saúde das Forças Armadas para reforçar a assistência prestada pelas equipes de saúde do DSEI Amapá e Norte do Pará durante a missão. São médicos generalistas e especialistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas e farmacêuticos. Todos passaram por inspeção sanitária e tiveram que apresentar testes RP-PCR negativos para Covid-19 antes do embarque.
Da Agência Saúde, com informações do Ministério da Defesa